Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Não nos cansamos de enaltecer a Duas Quintas, porque de facto e, já fazemos eventos há algum tempo, é um espaço que consegue reunir num só lugar várias opções.

Já vos falamos dos jardins, dos salões, da greenhouse e das árvores de fruto, mas não ficamos por aqui. A Duas Quintas tem turismo rural, com uma capacidade para 6 quartos duplos com casa de banho privada, uma suite para noivos, dois salões divinais, um deles com uma lareira e livros, muitos livros para momentos de relaxe total e um salão com uma mesa de snooker com uma janela romântica com uma vista de encher a alma e o coração.

Os noivos têm 10% de desconto na noite de núpcias e os seus convidados têm 5%. Assim, com tranquilidade e no local de cerimónia se evitam as correrias e o stress do dia! Uma opção a pensar em vocês, para vos fazermos felizes.

Editorial Save the Date 108.jpg

Editorial Save the Date 109.jpg

Editorial Save the Date 112.jpg

Editorial Save the Date 113.jpg

Editorial Save the Date 114.jpg

Editorial Save the Date 115.jpg

Editorial Save the Date 116.jpg

Editorial Save the Date 117.jpg

Editorial Save the Date 118.jpg

Editorial Save the Date 119.jpg

Editorial Save the Date 120.jpg

Editorial Save the Date 121.jpg

Editorial Save the Date 122.jpg

Editorial Save the Date 123.jpg

Planning, Style and Decor by Save the Date
Photography by Hugo Coelho
Venue Duas Quintas

Makeup & hair by Cati Beauty

Flowers & Bouquet by Flores do Bruno

Wedding Dress by Iza Van

Men wedding suit by Andreia Lobato

Toucados by Chapeauxik

Models Catarina Correia e Diogo Carneiro
Special thanks Martins Alves

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assim que a Duas Quintas entrou nas nossas vidas que sentimos uma vontade imensa de a mostrar, de partilhar todos os seus recantos e detalhes. O editorial que preparámos revela o porquê de ser um lugar encantador, de como a história a formou até hoje. Queremos também mostrar o que somos enquanto marca, o que podem esperar do nosso trabalho, o que lhe podemos oferecer e os parceiros de excelência que gostamos e queremos continuar a colaborar para marcar, de uma maneira inesquecível, os seus momentos mais especiais.

O editorial foi preparado ao pormenor, mas lamentavelmente, São Pedro tinha outros planos para esse dia e brindou-nos com chuva, que atrapalhou alguns dos nossos moods. Quando vos dizemos que resiliência “é o nosso nome do meio”, este dia foi mais uma prova desta nossa característica. Durante semanas a fio tivemos sol e temperaturas quentes, anormais para aquela época do ano e adivinhem qual o único dia de chuva durante meses? O escolhido para a produção, claro! Alguns dizem que serão sinais, nós optámos por adaptar um provérbio bem conhecido e relacionado com aquilo que fazemos: “Editorial molhado, editorial abençoado”. É assim que vemos as coisas, o copo está sempre meio-cheio.

Preparámos quatro moods de decor diferentes. Apesar da Duas Quinta ter um visual rústico não queremos colar este estilo em todos os nossos trabalhos. O enorme potencial do espaço deixa-nos jogar com ambientes clássicos aos contemporâneos, indoor ou outdoor. As decorações são quase infinitas, seja para
um casamento de verão ou de inverno. Com o nosso empenho, a vossa festa será a mais bonita, a mais bela celebração do amor, da alegria e da partilha com quem vocês mais amam.

Os nossos “modelos” foram “noivos” que nem sequer se conheciam, nem estão habituados a ser fotografados. São pessoas reais como vocês e é isso que queremos transmitir em todos os nossos trabalhos: Que todos podem ser personagens em contos de fadas! Deixem que nos ocupemos a preparar a história e que no final seja o vosso dia, único e memorável, capaz de figurar num editorial de uma prestigiada revista de Casamentos.

Sonhem que nós fazemos acontecer.

Editorial Save the Date 147.jpg

Editorial Save the Date 148.jpg

 Editorial Save the Date 155.jpg

Editorial Save the Date 156.jpg

Editorial Save the Date 158.jpg

Editorial Save the Date 159.jpg

Editorial Save the Date 160.jpg

Editorial Save the Date 161.jpg

Editorial Save the Date 166.jpg

c (2 de 6).jpg

IMG_1365.jpg

IMG_1368.jpg

IMG_1404.jpg

IMG_1410.jpg

c (3 de 6).jpg

c (4 de 6).jpg

c (6 de 6).jpg

c (5 de 6).jpg

Editorial Save the Date 149.jpg

Editorial Save the Date 150.jpg

Editorial Save the Date 151.jpg

Editorial Save the Date 152.jpg

Editorial Save the Date 153.jpg

Editorial Save the Date 162.jpg

 

Planning, Style and Decor by Save the Date
Photography by Hugo Coelho
Venue Duas Quintas

Makeup & hair by Cati Beauty

Flowers & Bouquet by Flores do Bruno

Wedding Dress & wedding suit by Andreia Lobato

Toucados by Chapeauxik

Models Catarina Correia e Diogo Carneiro
Special thanks Martins Alves





 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

14
Nov17

RaqueleJoao-340.jpg

“Animal free”. Foi a ideia que a Raquel nos deixou. O seu casamento teria que respeitar ao máximo o seu desejo. Nada que nos assuste, afinal o tema é-nos muito querido.

Como atender a este pedido? Fácil: Catering vegan... Mas não ficámos por aí. Todo e qualquer produto utilizado para o evento, como por exemplo, a maquilhagem da noiva não podia ter sido testado em animais e ser o mais orgânico possível. Sim, até o arroz atirado aos noivos no final da cerimónia foi substituído por alpista!

Foi neste clima de máximo respeito com a Natureza que realizámos o sonho destes fantásticos noivos que nos permitiram levar o nosso trabalho para outra dimensão.
 
Adorámos Raquel & João, que sejam felizes sempre.

 

IMG_3067.jpg

RaqueleJoao-8.jpg

RaqueleJoao-9.jpg

RaqueleJoao-13.jpg

RaqueleJoao-15.jpg

RaqueleJoao-17.jpg

RaqueleJoao-126.jpg

RaqueleJoao-130.jpg

RaqueleJoao-139.jpg

RaqueleJoao-202.jpg

RaqueleJoao-215.jpg

RaqueleJoao-244.jpg

RaqueleJoao-263.jpg

RaqueleJoao-285.jpg

RaqueleJoao-293.jpg

RaqueleJoao-324.jpg

RaqueleJoao-140.jpg

RaqueleJoao-141.jpg

RaqueleJoao-143.jpg

RaqueleJoao-144.jpg

RaqueleJoao-146.jpg

RaqueleJoao-147.jpg

RaqueleJoao-149.jpg

RaqueleJoao-150.jpgIMG_3036.jpg

IMG_3052.jpg

RaqueleJoao-333.jpg

RaqueleJoao-344.jpg

 

 

Guardar

Autoria e outros dados (tags, etc)

02
Out17

c.jpg

Todos os nossos casamentos são especiais para nós e, naturalmente (principalmente!), para os noivos. Dedicamos muitas horas do nosso trabalho a cada um deles e, fazemo-lo com imenso carinho e dedicação. É quase impossível não nos envolvermos de forma sentimental com estas famílias. Sabemos que é trabalho, mas quando se trata de casamentos, não vendemos um serviço, mas sim expectativas. Estamos a falar de emoções ao rubro para as quais damos o nosso melhor para que tudo corra bem, para que seja um dia único para todos.

A Marta e o Tiago são daqueles noivos que é impossível não criar ligação. Ele, mais descontraído, ela super atenta a todos os detalhes, pensados e executados minuciosamente por ela. Nada podia falhar.
Escolheram a Tapada Nacional de Mafra porque queriam que o mood fosse o de uma floresta encantada com a presença dos animais que ali habitam a fazer parte do cenário.


É difícil pôr em palavras as emoções que sentimos na cerimónia civil, em especial quando os irmãos dos noivos discursaram. Sentimos amor em cada palavra e em cada embargo de voz. Confessamos que também nos rendemos e chorámos de emoção.
Marta&Tiago (e Hobbes) desejamos que sejam sempre cúmplices, que sejam muito felizes, para sempre.

IMG_0742-18.jpg

 

 

 

 

 

Guardar

Guardar

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sempre que organizamos um casamento, surge a pergunta: "De que lado fica a noiva?"

Segundo uma lenda de origem anglo-saxónica, a noiva deve ficar sempre do lado esquerdo do noivo. Dizem que o noivo, temendo um ataque dos dragões e outras ameaças, deixava sempre o braço direito livre para sacar a sua espada. Esta regra aplica-se na cerimónia religiosa e também na civil.

a791a3ef590ae9e2930a44d0af07a5b5-2.jpg

No local da cerimónia, entram primeiro os convidados. A família do noivo fica de um lado e a da noiva no outro. Na Save the Date gostamos de desconstruir esta "regra". Somos totalmente a favor do "pick a seat not a side" isto é, escolhe um lugar e não um lado. O casamento é também a união de duas famílias, por isso somos a favor das ligações entre todos.

De seguida, entra o noivo com a mãe (o noivo à direita e a mãe à esquerda). No altar, chega a momento tradicional de esperarem pela entrada da noiva. Esta entra sempre do lado direito do seu pai (ou outro ente querido). Ao chegar ao altar, faz a troca do bouquet – da mão direita para a esquerda – e posiciona-se corretamente do lado esquerdo do noivo, já que o mesmo a espera do lado direito no altar.

 

No final da cerimónia primeiro saem os convidados, desta forma todos podem presenciar a saída dos noivos e felicitá-los com arroz (símbolo de prosperidade, desejo de saúde e riqueza). Acrescentem pétalas de flores e folhas de oliveira símbolo da paz.

confetis.png

Acima de tudo, sejam felizes! Façam o vosso próprio protocolo. Escolham os passos com os quais estão mais confortáveis e que sejam mais adequados à vossa família e amigos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Something old, something new, something borrowed and something blue 

 

Ao longo dos anos foram muitas as noivas portuguesas que adoptaram este superstição inglesa que remota a 1898.

tradição.jpg

Alguma coisa velha

Simboliza o passado, a tradição e a família. É uma boa oportunidade para homenagear alguém da sua família, usando uma joia antiga; uns brincos, uma tiara, uma pregadeira, o véu, ou mesmo o vestido de noiva da sua mãe, naturalmente adaptado ao seu estilo.

 

Alguma coisa nova

Simbolo de inicio de uma nova vida. Esta é a mais fácil de seguir, a lista é imensa. O vestido, a lingerie, os sapatos ou o véu.

 

Alguma coisa emprestada

O ideal é usar alguma coisa emprestada de alguém que tenha um casamento bem sucedido, já que simboliza a felicidade emprestada. Apostamos que são muitas as vossas amigas que vão querer emprestar algo. O véu, por exemplo parece-nos uma peça excelente.

 

Alguma coisa Azul

Azul significa fidelidade, pureza e amor. Para os cristãos é o símbolo da Virgem Maria.

Se é daquelas noivas timidas, e que não gosta de arriscar na cor, pode usar um pequeno bordado com um detalhe no interior do seu vestido, um coração, as vossas inciais e a data do casamento. Para as mais ousadas, uns sapatos azuis, uma faixa/cinto no vestido, as joias ou até mesmo um bouquet com flores azuis.

 

É claro que a receita para um casamento feliz nao depende só destas superstições, mas não vá o diabo tecê-las, se ainda não conhecia, tome nota destas dicas para que tenha um dia cheio de alegria.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D





Analytics