Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Familia Pumpkin

Se houvesse um ranking para familias giras e divertidas, os Aboborinhas estariam certamente no pódio.

São uma família atípica, com raízes portuguesas – mais concretamente açorianas -  e holandesas, e desta combinação tão interessante nascem novas tradições e formas de festejar o Natal. Nos últimos seis anos passaram o Natal com a família Açoriana da Mariana, uma grande festa, cheia de gente, comida e muita animação.

 

Com o nascimento das abobrinhas introduziram uma traição Holandesa, que é fazer um grande pequeno almoço no Dia de Natal e depois abrir os presentes.

Este ano – e esta é uma novidade em primeira mão – vão passar o Natal com a avó Marianne na… Disney!
Vão estar na Disneyland de Paris de 22 a 27 e por isso o jantar de Natal vai ser com os 5 no bunballow do Davy Crocket. As miúdas nem imaginam e vão delirar. E os adultos também, claro.

 

Ficámos cheias de vontade de ver as fotos da aventura da Disney. Temos a certeza que vão adorar passar o Natal num sitio tão mágico.

mesa.jpg

mesa-detalhe.jpg

Natal-foto de familia.jpg

 

- O que mais gostam no Natal?
Nós adoramos o Natal, todo o clima festivo, as musicas de natal, enfeitar a casa, decorar a árvore (temos sempre uma verdadeira, não resistimos ao cheirinho a pinheiro), escolher prendas para oferecer a quem mais gostamos (e sobretudo para as abobrinhas), toda animação durante o advento (tentamos organizar um momento especial por dia), pensar nos que nos são queridos, perto e longe… Nem sei escolher o que gostamos mais!

 

- Quando fazem a arvore de Natal?
Fazemos sempre depois do dia 5 de Dezembro, que é o dia de Sinterklaas, uma festa muito importante para os holandeses. Como nós somos 50% holandeses, vivemos muito esta data, e é proibido começarmos a falar de Natal antes disso.
No dia 5 de Dezembro chega de barco o Sinterklaas e os seus ajudantes, que vêm de Espanha para distribuir presentes no seu cavalo branco. As crianças deixam um sapatinho com uma cenoura para o cavalo e bolinhos para o Sinterklaas e quando acordam encontram os presentes que eles deixaram.
Em Lisboa fomos ver o Sinterklaas chegar à doca de Alcantara no dia 5 de Dezembro e trazer guloseimas e brinquedos para os mais pequenos. É muito engraçado!
 
- As crianças participam nos preparativos?
Sim, elas adoram participar na decoração da casa, adoram abrir o saquinho do dia do advento. Este ano temos também um calendário da Lego do advento e elas adoram, abrem uma caixinha por dia com um bonequinho mini para montar.
A Leonor, que é mais velha, adora fazer decorações, cartões de Natal, presentes, e ajuda também a irmã. Este ano oferecemos um frasco com chocolates às professoras, que elas fizeram.
 
- As crianças ainda acreditam no Pai Natal?
Sim, totalmente, e essa é parte da magia do Natal! Quando passamos o Natal cá em Portugal temos uma tradição na minha família. Depois do jantar na véspera de Natal as crianças vão para um quartinho com alguns crescidos e cantam canções de Natal. Entretanto os Pais Natais reúnem todos os presentes na sala e quando está tudo pronto (somos uma grande família, junta-se mesmo muita coisa) toca-se um sininho, é o Pai Natal a ir-se embora. As crianças saem a correr e ficam maravilhadas com todas as prendas que ele deixou. É fantástico ver as caras delas. Eu lembro-me de o meu irmão (5 anos mais novo que eu) ir direto à janela e jurar que tinha visto o trenó a voar.
 
- Abrem os presentes no dia 24 ou na manhã do dia 25?
Os presentes da família mais alargada são abertos em casa da minha avó e os presentes dos pais para elas abrimos com calma no dia seguinte.
 
- Quais são os pratos típicos?
A nossa família é muito atípica, nunca fizemos uma consoada tradicional. Reunimo-nos em casa da minha avó e cada filho leva um prato. Há normalmente um prato de bacalhau, um leitão assado, e depois podemos ter polvo, língua de vaca, cabrito, arroz de pato, depende da vontade de cada um.
 
- Que doces não podem faltar na vossa mesa?
Lembro-me de termos sempre um bolo de caramelo e noz, um pudim branco e negro e um pudim do Faial, especialidades da minha avó açoriana. Mousse de chocolate nunca falta, e é devorada pelos mais pequenos, e tarte de amêndoa também, mas fica sempre para o dia seguinte ou para as tantas da manhã, antes de irmos dormir.
Na Holanda há sempre uma tarte de amêndoa com massapão e oliebolie que são tipo sonhos com passas dentro.
 
- O que representa para a vossa família esta época?
Esta é uma época muito especial, em que estamos ainda mais em família, com quem nos é querido. Lembramos o que partiram e estão sempre no nosso coração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

“Uma festa sem um bolo, não é uma festa, é só um encontro”, já dizia Julia Child

8523b92a5ab8e38a9c27404eefb1bcde.jpg

Em casamentos, batizados ou aniversários, simples ou elaboradas, a mesa dos doces, onde está o bolo, é a grande atração da festa.

 

O Bolo é uma das figuras principais, um protagonista de destaque, e é em torno deste que muitas vezes nos inspiramos para a decoração dos restantes doces e elementos decorativos. Chega a ser o Rei da festa, sendo mais fotografado do que alguns convidados.

 

E na hora de escolher, o que deve fazer? Deixamos algumas dicas:

 

  • Escolha uma cake designer que a saiba ouvir, que seja sensível aos seus anseios e que seja flexível;
  • Tenha em atenção se algum convidado é alérgico a algum ingrediente;
  • Se tiver dúvidas, peça para fazer uma prova de sabor;
  • Se a festa for no Verão, não escolha bolos com cobertura em buttercream ou chantilly. Os naked cake são lindos e estão completamente na moda, mas tenha cuidado pois não podem estar muito tempo em exposição;
  • Escolha uma empresa que faça entregas no local da festa. É um dia de stress e de muitos detalhes. Não pode estar preocupada em ter de ir buscar o bolo;
  • Se gosta mais do que um sabor, peça um bolo com dois andares, e em cada andar um sabor, assim, consegue agradar a mais convidados;
  • Para determinar o tamanho/peso do bolo deve ter a seguinte regra, 100gr por fatia/convidado;
  • Se o bolo for servido num momento único e sem mais nenhum doce, considere 1 kg a mais do que o necessário, pois é natural que os seus convidados comam uma fatia mais generosa ou queiram repetir;
  • Se o bolo for servido após a refeição e juntamente com outras sobremesas não precisa de um bolo maior (regra do ponto acima) e evita o desperdício;

 

Por último, tenha em atenção ao valor do bolo, regra geral ronda os 25€/Kg mas há empresas que ouvem a palavra “casamento” e exageram os preços. Na nossa opinião isto não faz qualquer sentido, e achamos mesmo abusivo. O trabalho, os materiais e o tempo de execução é que deve determinar o valor final, por isso, na hora de decidir tenha isto em conta e não adjudique um orçamento de uma empresa que leva uma taxa superior só porque é um bolo de casamento, principalmente se este tiver um design simples e igual a qualquer outro bolo.

cakes.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Mafalda Antunes

VDP-2.jpg

Chegámos a casa da Mafalda e ficámos apaixonadas pelos detalhes, cada cantinho tem uma decoração que cheira a Natal e a tradição. A paixão por esta época é notória e ao longo dos anos vai guardando objectos que lhe são queridos e que a fazem lembrar Natais passados. E nem os presentes são descurados, a Mafalda e o marido personalizam-nos, e todos sem excepção contam uma história.

 

Esta mesa foi pensada e decorada ao detalhe, as pinhas e os galhos foram apanhamos cuidadosamente a pensar nesta decoração e os bonequinhos ( que são um amor ) são o detalhe que marcam a presença da doce Clarinha.

 

Não podíamos ter sido melhor recebidas, obrigada Mafalda por teres partilhado connosco de forma tão simpática e genuína a tua Mesa de Natal.

VDP-3.jpg

VDP-4.jpg

VDP-6.jpg

VDP-7.jpg

VDP-8.jpg

VDP-9.jpg

VDP-10.jpg

VDP.jpg

VDP-5.jpgSD Quando fazem a árvore de Natal?

MA Normalmente fazíamos sempre no dia 1 mas desde que a Clarinha nasceu que a vontade do Natal começar cá em casa é cada vez mais cedo. Este ano foi feita no dia 21 de Novembro.


SD As crianças participam nos preparativos?
MA Faço questão que a Clarinha participe em tudo e envolvo-a em todas as tarefas tal como os meus pais e a minha madrinha fizeram comigo. Até na preparação da ceia ela já o ano passado esteve...a "bater" os bolos. 
 
SD As crianças ainda acreditam no Pai Natal?
MA Só este ano é que a Clarinha se começa  mais a aperceber das figuras do Natal mas cá em casa o Pai Natal é o ajudante do Menino Jesus. É ao Menino Jesus que se pedem os presentes...
 
SD Abrem os presentes no dia 24 ou na manhã do dia 25?
MA Os adultos no dia 24 à meia noite. A Clarinha no dia 25 de manhã porque ainda não aguenta ficar acordada até tão tarde...
 
SD Quais são os pratos típicos?
MA Na nossa mesa não pode faltar as sopas de polvo e polvo frito como entrada, pois é uma tradição da terra da minha mãe, Valpaços e que nós adoramos e o "nosso" Bacalhau com Todos. No almoço de dia 25 é sempre um assado feito pelo meu pai. A ceia é comigo.
 
SD Que doces não podem faltar na vossa mesa?
MA Natal sem rabanadas e bolo rei, não é Natal mas claro que nunca faltam os coscorões e as filhoses de abóbora.
 
SD O que representa para a vossa família esta época? 
MA Sem dúvida que o Natal é época de união e de celebração. É uma altura de estarmos em paz e em familia a celebrarmos o nascimento de Jesus. É um mês de muito Amor

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

proposal.png

Há românticos por aqui? 

Nós somos! Adoramos uma boa comédia romântica, daquelas que choramos sem parar mas também que nos faça rir muito. Torcemos pelo amor e acreditamos que todas as histórias devem ter finais felizes, todas as histórias devem ter um “viveram felizes para sempre”.

 

Há pedidos de casamento para todos os gostos, tradicionais, inusitados, românticos, cómicos e até os mais elaborados com direito a Flash Mob. Todos têm de marcar o momento de forma inesquecível.

 

Se quer pedir a sua cara metade em casamento e não sabe como, se está com falta de ideias e quer fazer “O pedido” de forma inesquecível , nós tratamos de tudo por si. Qualquer que seja o seu estilo e valor, o importante mesmo é que ela/ele diga SIM no fim.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

65e56af418ed51199019d6720d2e196c.jpg

Neste último ano temos andado meio desaparecidas deste nosso cantinho. Apesar do trabalho ser mais que muito (Graças a Deus e a nós) não nos queixamos, mas claro que há sempre alguma coisa que vai ficando para trás e não conseguimos, com a regularidade que desejávamos, dar-vos as novidades todas. Tanta coisa aconteceu neste ultimo ano, um livro, tantas festas, tantos casamentos, e um escritório novo.

 

Como muitos de vós devem ter percebido vendemos o nosso espaço de festas infantis, a To be kid, que está agora nas mãos de uma equipa fantástica. Temos a certeza que vão fazer coisas optimas, e irão dar continuidade àquele projecto maravilhoso que tantas alegrias nos deu.

 

Por aqui continuamos concentradas nos casamentos, nos baptizados, nos eventos corporate, e claro nas festas de aniversário.

Mudámos com toda a força e garra para um escritório cheio de energia e gente bonita, onde várias sinergias se perspectivam para projectos cheios de pinta. Venham visitar-nos na Av. Guerra Junqueiro, nº13-5dto, Lisboa.

 

 

Ficamos à vossa espera, e venham daí essas boas energias para este novo começo.

Ana&Vera

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Vera Dias Pinheiro

VDP.jpg

A Vera é uma querida amiga, muito dedicada e uma mamã super babada. Fã do Natal e das decorações desta época, pelo que o nosso convite para nos mostrar a sua Mesa de Natal, fez todo o sentido. E aqui está ela, uma mesa gira e elegante, desejamos que seja uma inspiração para todos.

 

As fotos são da talentosa Susana Tavares e podem ver mais do seu trabalho na Wild Flowers Photography

MesaVera-1010.jpgVDP-2.jpg

VDP-3.jpg

MesaVera-1029.jpg

MesaVera-0997.jpg

MesaVera-1064.jpg

- O que mais gostam no Natal?

Gostamos de passear na rua, de ouvir as músicas de Natal a tocar um pouco por todo lado, dos mercados de natal típicos, do frio e do espírito que invade todos nós nesta altura do ano. E gostamos particularmente da tradição de escolher os presentes, não pelo seu lado material, mas por dedicarmos tempo a pensar em alguma coisa que faça a diferença para quem o irá receber.

 

- Quando fazem a arvore deNatal?

A meio de Novembro já começamos a pensar nisso, no entanto, conseguimos aguentar e só a fazemos no início do Dezembro.

 

- As crianças participam nos preparativos?

O Vicente tem agora praticamente três anos, portanto acho que este ano vai marcar a sua participação mais activa nas decorações de Natal cá por casa (por isso, estamos mais ansiosos que chegue o dia).

 

- As crianças ainda acreditam no Pai Natal?

Nós queremos passar ao Vicente algumas tradições, até porque acho que as crianças devem crescer com um pouco de “fantasia”. O Pai Natal já foi introduzido no ano passado (foi o primeiro teste). Não temos ninguém mascarado a bater à porta à meia noite, no entanto, antes de se deitar, o Vicente deixa um copo de leite e um prato com biscoitos junto a uma janela para oferecer ao Pai Natal e agradecer-lhe os presentes que irá deixar.

 

- Abrem os presentes no dia 24 ou na manhã do dia 25?

Como não somos uma família muito grande e com muitas crianças, aquilo que acaba por acontecer é: os adultos abrem os presentes no dia 24 à meia noite e, assim, a manhã do dia 25 fica reservada para o Vicente e mal acordamos juntamo-nos na sala para ver que presentes deixou o Pai Natal.

 

- Quais são os pratos típicos?

Para a ceia do dia 24 reservamos o típico bacalhau e para o almoço do dia 25 foca reservado o perú ou o cabrito.

 

- Que doces não podem faltar na vossa mesa?

Eu gosto de ter alguns dos doces típicos do Natal à mesa, como os filhós e o bolo rainha. Depois, há sempre arroz doce e um bolo de iogurte para acompanhar o chá ao final da noite.

 

- O que representa para a vossa família esta época? 

Acima de tudo, tempo de qualidade para estarmos uns com os outros, com a nossa família, mas também com os nossos amigos. Nesta altura, estamos todos com maior predisposição para reservar um dia na nossa agenda para visitar um amigo, organizar um jantar de natal... E agora que sou mãe, o Natal tem um sabor ainda mais especial.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D





Analytics